www.falapb.com - A notícia em primeira mão!
Publicado em:

Mulher é internada com malária em JP; quadro é estável

Uma mulher de 35 anos está internada no Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa, diagnosticada com malária. A assessoria da unidade informou que o quadro de saúde da vítima é considerado estável e ela passa bem.
Moradora do município de Conde, no Litoral Sul, a paciente foi levada à unidade de saúde no último dia 29 de março apresentando quadro de febre e anemia. De acordo com o hospital, o resultado do primeiro teste realizado na mulher atentou os médicos para o possível diagnóstico da doença.
Após o método da ‘gota espessa’ (microscopia) ser realizado, ficou confirmado a presença do protozoário Plasmodium vivax no sangue da paciente.

Secretaria de Saúde da PB

Em nota divulgada na tarde desta terça-feira (2), a Secretaria de Saúde do Estado informou que a Paraíba não é área endêmica para a doença e apresentou números: No estado, de 1994 a 2018, foram notificados 175 casos suspeitos de Malária; destes, 70 de pacientes residentes na Paraíba e todos registrados como casos importados, ou seja, pessoas que se deslocaram para regiões endêmicas, foram infectadas e retornaram para o estado de residência. Nenhum óbito foi constatado.
A nota também informa este é o primeiro caso notificado na Paraíba em 2019, sendo autóctone e sem histórico de transfusão sanguínea. “O protozoário identificado no exame da paciente foi o Plasmodium Vivax, que é considerado o de menor patogenicidade em comparação aos demais. Algumas das ações já executadas no município tiveram como foco o controle do vetor e a investigação epidemiológica a partir do caso já notificado”.
A Secretaria ainda disse que está sendo investigado possíveis casos secundários, além de estar realizando levantamentos em hospitais, visitas domiciliares, fazendo testes, distribuindo medicamentos, pulverizando com inseticida as residências dos casos suspeitos e outras prevenções.
“A Secretaria Municipal de Saúde de Conde, com apoio e orientação da Secretaria de Estado da Saúde da PB, está dando prioridade ao tratamento dessa notificação, com vistas a evitar o surgimento de novos casos. A Secretaria também formou a Comissão Especial de Investigação para a Malária, composta pelos trabalhadores da Atenção Básica e Vigilância Epidemiológica, que terá o prazo de 60 dias para elaborar relatório acerca do assunto.. Estamos apoiando e monitorando junto ao município as ações aqui apresentadas, bem como permanecerá implementando demais ações quando necessário”, conclui a nota.

Malária

De acordo com o Ministério da Saúde, a malária é uma doença infecciosa febril aguda, causada por protozoários transmitidos pela fêmea infectada do mosquito Anopheles. Toda pessoa pode contrair a malária, e indivíduos que tiveram vários episódios da doença podem atingir um estado de imunidade parcial, apresentando poucos ou mesmo nenhum sintoma no caso de uma nova infecção.
Os sintomas incluem mal-estar e calafrios, seguido de suor intenso e prostração. No caso do Plasmodium falciparum, pode ocorrer uma grave anemia, potencialmente fatal.
No Brasil, a maioria dos casos de malária se concentra na região Amazônica, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. Nas demais regiões, apesar das poucas notificações, a doença não pode ser negligenciada, pois se observa uma letalidade mais elevada que na região Amazônica.
*Matéria atualizada para acrescentar nota divulgada pela Secretaria de Saúde do Estado
com Portal Correio

Por: Fala-PB
Compartilhe :

veja também

0 comentários em: "Mulher é internada com malária em JP; quadro é estável"

Deixe um comentário!

Publicidade:

Últimas Notícias

Comentário

Tecnologia do Blogger.
www.falapb.com - Todos os direitos reservados.