Publicidades

Direção do Hospital de Paulista divulga nota esclarecendo polêmica sobre medicamento

A diretoria do Hospital Municipal de Paulista, na pessoa da Dra Patricia Cavalcante, divulgou na tarde desta segunda-feira (06) uma nota de esclarecimento acerca dos áudios que circulam nas redes sociais acusando o Hospital de ter emprestado medicamento a um paciente.
 
NOTA DE ESCLARECIMENTO:
A direção do Hospital Municipal Emerentina Dantas, Paulista-PB, vem por meio deste comunicado, esclarecer alguns pontos acerca de áudios que circulam nas redes sociais em Paulista, transmitindo inverdades ao nosso povo sobre a administração de medicamentos.
1º Refutamos veementemente a venda ou empréstimo de medicamentos a qualquer paciente por este Hospital, pois todo material em nosso estoque é para o bem cuidar do nosso povo, reconhecemos que pode haver carência de alguns medicamentos que por vez ou outra pode faltar, visto que somos uma instituição mantida com recursos próprios do município, sem qualquer ajuda do Governo Federal e Estadual.
2º Sobre os áudios em questão, a direção deste hospital tomou conhecimento que houve sim o empréstimo do medicamento, porém entre pacientes e não por parte do hospital ou quaisquer profissional de plantão. O fato se deu na última sexta-feira, dia 03, quando o médico de plantão, Dr Sales, prescreveu uma dose de ceftriaxona a um dos nossos pacientes, o medicamento prescrito encontra-se em falta em nosso estoque, então familiares do enfermo percorreu as farmácias particulares da cidade e não encontrou, foi quando uma de nossas enfermeiras sugeriu que o paciente pedisse emprestado a outo enfermo que também estava usando a mesma medicação, adquirida de forma particular.
3º A administração do hospital esclarece que a venda de medicamentos é terminantemente proibida, pois os medicamentos e insumos em nosso estoque, são de uso exclusivo para o atendimento dos pacientes. A gestão municipal, na pessoa do prefeito Valmar Arruda, tem buscado da melhor forma possível suprir a demanda de necessidade da nossa população.
Por fim, repudiamos qualquer tentativa vã de quem não tem compromisso com o nosso povo, desejando a qualquer custo chamar a atenção para si, em detrimento de uma instituição séria e que busca, apesar das limitações financeiras, atender da melhor forma possível a nossa população Paulistense.
 
Dra. Patrícia Cavalcante
Paulista-PB em 06/05/2019