Publicidades

Paulista teve 10 alunos aprovados na Olimpíada Canguru de Matemática


A Olimpíada Canguru de Matemática, evento internacional da disciplina, tem o objetivo de atrair os estudantes e mostrar a eles o lado lúdico e como é possível aplicar o conhecimento dessa ciência no cotidiano deles.

Em 2019, a Escola Municipal Cândido de Assis Queiroga, da cidade de Paulista, teve 10 de seus alunos aprovados nas categorias de Ouro, Prata, Bronze e honra ao mérito.


Os alunos aprovados são:
              Gabriele Lima de Farias - Ouro
              Gildemar Pereira Júnior - Prata
              Maria Paula Nóbrega - Bronze
              Tarso Murilo de Almeida - Bronze
              Pedro Antônio de Medeiros - Bronze
              Hanna Luísa Saldanha - Bronze
              Pedro Lucas Dutra - Bronze
              Maysa Ferreira de França - Honra ao Mérito
              Mayala Adonias Silveira - Honra ao Mérito
              Isac lima de moura - Honra ao Mérito

Criado em 1991, na França, o Canguru de Matemática acontece a cada ano, na terceira quinta-feira do mês de março e busca mostrar aos estudantes que, essa matéria considerada difícil no meio escolar, pode, sim, ser divertida.

Participam alunos a partir da 3ª série do Ensino Fundamental ao último ano do Ensino Médio.

A Olimpíada Canguru de Matemática Brasil está vinculada à Association Kangourou Sans Frontières. Originou-se na França, em 1991, inspirada em uma competição australiana de matemática. A associação tem hoje ramificação em dezenas de países e a prova é aplicada na terceira quinta-feira do mês de março em aproximadamente 70 países.

A competição funciona como uma espécie de jogo e envolve estudantes de todas as idades, dos 7 aos 18 anos. O evento é dividido por seis categorias etárias, resolvendo 24 ou 30 testes de múltipla escolha em 90 minutos (ou mais, dependendo do país participante). O concurso visa atrair tantos estudantes quanto for possível, com a finalidade de mostrar-lhes que a Matemática pode ser interessante, útil e mesmo divertida.