Publicidades

Trabalhadores da educação de Paulista paralisam atividades aderindo a movimento nacional


Trabalhadores da educação realizarão nesta quarta-feira (15), um protesto contra os cortes de mais de 30% no orçamento das instituições federais de ensino. Durante a paralisação, não haverá aula nas escolas publicas de Paulista.
Sindicatos de diversas categorias e centrais sindicais também confirmaram paralisações em todas as regiões do estado
Segundo os organizadores da atividade, a paralisação é para mostrar a força e a importância das instituições, pois, esse corte feito pelo governo de Bolsonaro inviabiliza boa parte do orçamento das instituições federais de ensino e colocam em cheque a educação pública do país.
Ainda segundo a organização, a paralisação também servirá de “esquenta” para a greve geral marcada para o dia 14 junho contra a “reforma” da Previdência do Governo Federal.