Publicidades

Casal do Sertão é presos por matar criança de 6 anos; outras três ficaram feridas, Vídeo

O sousense Bruno da Silva, de 19 anos de idade e a namorada, de 17 anos, foram presos na última quinta-feira (30), na cidade de Planaltina de Goiás, no estado de Goiás, acusados de matar uma criança de seis anos de idade. A menina Sabrina de Jesus Cabral não resistiu as sessões de tortura em que era submetida pelo casal e morreu.
Segundo a polícia, há cerca de quatro meses, outras três crianças de 1, 3 e 9 anos, eram igualmente torturadas porque pediam comida a Bruno e sua companheira.
O acusado é filho de outro sousense conhecido como Dedé, autor de um crime de morte contra uma pessoa conhecida como Cenoura, fato ocorrido no Condomínio Doca Gadelha, na cidade de Sousa, há cerca de quatro anos.
Bruno e a mulher confessaram os crimes. Ele já foi levado para um presídio onde responderá ao processo de homicídio qualificado e tortura qualificada. A adolescente, que é tia das crianças, será internada por decisão da Vara da Infância e Juventude de Goiás. Já as crianças espancadas, ficarão em um abrigo.
Os dois agrediam as crianças há pelo menos 4 meses, desde que os pais delas foram presos em Sobradinho, no Distrito Federal, por tráfico de drogas. Na última quarta-feira (29), a menina de 3 anos teria pedido comida a um dos vizinhos, fato que irritou o casal, que passou a espancá-la.
Nesta sexta-feira (31), revoltados, moradores de Planaltina de Goiás incendiaram o local onde as crianças moravam com os agressores.
Blog do Levi