Publicidades

Escola homenageia Jackson do Pandeiro no 1º Circuito Junino de Paulista


A Prefeitura Municipal de Paulista está realizando o “1º Circuito Junino da Cidade – Arretado de Bom” com apresentações culturais das Escolas e Assistência Social. O evento é realizado na quadra central da cidade e seguirá até o dia 18 de junho.

Nesta quinta-feira (13), segunda noite de apresentações, a Escola Estadual Francisco de Sá Cavalcante fez uma linda homenagem ao intérprete, compositor e instrumentista paraibano Jackson do Pandeiro, que completaria 100 anos este ano.

Com o tema “Jackson do Pandeiro - Rei do Ritmo, Cidadão do Mundo”, a escola trouxe uma série de apresentações com músicas, ritmos e coreografias marcando o centenário de um dos artistas mais relevantes na cultura nordestina e brasileira, que ficou conhecido como o “Rei do Ritmo” e figura, ao lado do “Rei do Baião”, Luiz Gonzaga, como um dos grandes representantes da musicalidade nordestina. Gonzaga cantou o meio mais rural, enquanto Jackson o urbano.

Com seu pandeiro Jackson cantou coco, embolada, forró e também samba, fazendo grande sucesso em todo o país pela qualidade de seu trabalho tanto como cantor, quanto compositor e instrumentista.

Nascido em Alagoa Grande, brejo da paraibano, em 31 de agosto de 1919, e registrado como José Gomes Filho, “Jackson” Tornou-se conhecido na Rádio Jornal do Commércio de Pernambuco, na qual trabalhou e lançou sua primeira música, “Sebastiana”, durante um programa, em pleno carnaval, fazendo sucesso imediato.

Jackson do Pandeiro gravou 137 discos, por meio de grandes selos nacionais, como Copacabana (1953-1958), Columbia (1958-1960), Philips (1960-1965), Continental, Cantagalo, CBS, Chantecler e Polygram. O artista morreu no dia 10 de julho de 1982, na cidade de Brasília, sendo sepultado no cemitério do Caju, no Rio de Janeiro.

Uma multidão acompanhou atenta as apresentações, dentre elas autoridades locais, como; o prefeito da cidade, Valmar Arruda de Oliveira, o vice-prefeito, Nilton Dantas Filho, a presidenta da câmara de vereadores, Sônia Maria de Lima e a secretária educação Silmara Dutra, entre outras.