Publicidades

Waldonys aciona Justiça cobrando danos morais após exclusão de show da programação do São João

O cantor e sanfoneiro cearense Waldonys decidiu acionar a justiça contra a empresa organizadora do Maior São João do Mundo, em Campina Grande após ter sido retirado da programação do evento de maneira “grosseira e irresponsável”. Nesta sexta-feira (07), Waldonys, Rita de Cássia e Eliane se pronunciaram a respeito do episódio e lamentando a forma como procedeu o caso.
Waldonys afirma que havia sido contratado pela Medow Entertainment para um show no dia 13 de junho no Parque do Povo. No entanto, a mesma empresa anunciou pelas redes sociais a retirada do cantor da programação, dizendo que traria “artistas de peso” no lugar do sanfoneiro. “Fico muito triste que isso esteja acontecendo com o São João de Campina Grande, cidade que tenho um enorme carinho e que inclusive me honrou com o título de cidadão campinense. Quero que fique claro que esse acontecimento nada tem a ver com a cidade de Campina Grande e os campinenses, que merecem todo o meu respeito”, declarou Waldonys.
Waldonys adiantou que pretende acionar a Justiça por danos morais pela maneira que foi divulgado a saída dele da programação da festa. “A forma foi grosseira, irresponsável e sem respeito algum. O termo usado foi: ‘atrações de peso estão chegando’. Além de não honrarem com as negociações, eles nos dispensaram, como se não tivéssemos peso”, ressaltou o artista. Segundo Waldonys, caso a Justiça decida lhe conceder alguma indenização, ela será integralmente destinada às instituições sociais de Campina Grande.