Publicidades

Estado apura irregularidades em convênios de três prefeituras municipais

A Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão da Paraíba instaurou tomadas de contas especiais para apurar irregularidades detectadas na execução de convênios com as Prefeituras de Lastro, de São José da Lagoa Tapada e a de Lagoa. 
Em Lastro, o Convênio FDE nº001/2011 estaria com problemas. A Secretaria vai instaurar Tomada de Contas Especial para apuração dos fatos, identificação dos
responsáveis, quantificação do dano e obtenção do ressarcimento. Portarias publicadas hoje no Diário Oficial do Estado designou comissões formadas por servidores para tratar dos casos. O prazo para que sejam concluídas é de até 180 dias.
Em São José da Lagoa Tapada, trata-sde do Convênio FDE nº 047/2008, firmado com a Prefeitura Municipal. Um relatório aponta não conformidade na prestação de contas.


Já em Lagoa, o Convênio FDE nº 135/2010 passará por por apuração, também devido a inconformidade na prestação de contas apresentada pela Prefeitura.