Publicidades

Irmãs ganham bebês quase que no mesmo horário em maternidade da PB


Um fato no mínimo inusitado e curioso aconteceu nesta terça-feira (23) na maternidade Frei Damião, em João Pessoa. Duas irmãs ganharam bebês quase que no mesmo momento.
Tudo começou por volta das 23 horas de segunda-feira (22) quando   Sabrina da Silva Pereira, 18 anos e sua irmã Juliana da Silva Gomes, 20 anos, que moram na comunidade Tito Silva, no Bairro de Miramar, em João Pessoa chegaram à maternidade sentido as contrações do parto.  Elas passaram pela triagem e foram acompanhadas pela equipe médica conduzida pelas médicas Graça Pereira e Maria José.
Às 07h36 da manhã desta terça (23) nasceu Natan Gustavo, filho Juliana Gomes que estava com 40 semanas de gestação. Pesando 3,730 gramas, o bebê nasceu saudável e de parto normal. Às 10h43 nasceu, também de parto normal, Lucas Gabriel, filho de Sabrina Silva que estava com 38 semanas de gestação. Ele nasceu com 3,080 gramas, e, a exemplo do primo, é saudável.
O ajudante de cozinha, Felipe Luís dos Santos, pai de Lucas Gabriel, não conseguiu esconder a emoção de ser pai pela primeira vez.  “A emoção maior foi assistir ao parto e ver o meu primeiro filho nascendo e agora só me resta trabalhar para oferecer o melhor para ele”, comentou ao destacar que o bom atendimento que receberam na Maternidade Frei Damião.
“Aqui na Frei Damião não nos faltou nada. Fomos bem atendidos e recebemos toda atenção desde a  porta de entrada até o tempo em que estamos  aqui dentro. Percebemos que todos o profissionais  estão altamente preparados  e dedicados para atender a todos, levando-se consideração ainda o carinho e o respeito que eles têm por todos os pacientes”, afirmou  Felipe Luis.
Mesmo sendo pai do segundo filho, o pedreiro João Francisco disse que também se emocionou ao acompanhar o nascimento da criança.  É sempre uma emoção grande e passa um filme pela nossa cabeça onde pensamos logo o que será o futuro desse menino, mas vou trabalhar para oferecer o melhor para ele”, completou.
Para a diretora geral da maternidade Frei Damião, Selda Gomes, o momento é ímpar na unidade de saúde, “ mas o mais importante é saber que as duas mães foram bem acolhidas, receberam todo atendimento necessário o que mostra que os nossos profissionais estão preparados para atender a qualquer tipo de ocorrência, desde as mais simples até as mais complexas”, destacou, ao desejar que essas duas crianças cresçam com saúde e paz  “ que são o bem maior que poderão ter”, finalizou.
A diretora técnica da Frei Damião, Andréa Correia também falou sobre o caso. “Além de ser um marco para a história da maternidade, o nascimento dessas crianças serve para mostrar como os nossos profissionais estão preparados para atender a todas as pacientes que nos procuram, pois tudo transcorreu dentro da normalidade, as crianças nasceram saudáveis e as mães passam bem”, comentou a médica.