Publicidades

MPPB abre inquérito para apurar ‘Farra das Diárias’ dos vereadores de Conde

A promotora Cassiane Mendes de Sá, da Promotoria de Justiça de Conde, abriu um inquérito para apurar a ‘Farra das Diárias’ no município, no período que compreende os anos de 2018 e 2019. Em 2018, os parlamentares-mirins gastaram cerca de R$ 226 mil com diárias e, neste ano, apenas entre janeiro e abril, já gastaram quase R$ 70 mil.
Ela enviou ofício ao presidente da Câmara de Conde solicitando a lista de vereadores que receberam diárias nos anos e ainda as seguintes providências por parte da entidade legislativa:
  • Montante que cada um dos vereadores recebeu a título de diárias nos anos de 2018 e 2019;
  • Relação dos eventos (congressos, simpósios, cursos) que os vereadores beneficiados com diárias participaram, devendo ser apresentado o conteúdo programático, o local onde ocorreram e respectivo certificado;
  • Relação das empresas contratadas para ministrar eventos (congressos, simpósios e cursos), licitatório;
  • Esclarecer o fundamento da participação dos vereadores em cada um desses eventos; Expeça-se ofício ao TCE, com cópia deste despacho, solicitando informações sobre a análise a concessão indevida de diárias aos vereadores da Câmara de Vereadores de Conde, nos anos de 2018 e 2019.
Confira o documento na íntegra: