Publicidades

VÍDEO: Sikera nega acusações de Fabiano Gomes e dispara: “voltará a ser preso em breve”

O apresentador Sikeira Junior (ex-Arapuan), rebateu neste sábado (13),  as acusações do também apresentador Fabiano Gomes. Com sarcasmo, Sikeira mandou “o Gordinho” ir apurar direito a informação de que ele teria deixado a Paraíba com inúmeras dívidas, de aluguel, condomínio, água e energia.
O apresentador disse ainda que em breve Fabiano Gomes será preso, após Roberto Santiago, dono do Manaíra Shopping, envolvido na Operação Xeque Mate, o delatar. “Quando Roberto te delatar, tu sabe que tu vai pra cadeia, vai morrer sozinho, doente em uma cela na cadeia, Deus tenha piedade da tua alma e dos teus filhos, viu Gordinho”, tripudiou.
O primeiro vídeo, Sikeira se refere ao que foi dito por Fabiano. “O Gordinho fala mal de todo mundo, né? Todo mundo sabe quem é o Gordinho. Ele  postou em seu blog que eu sai devendo na Paraíba. Ele deveria ter ido na Execut (corretora). Quem estava na casa comigo era João Gregório. Sim, ele é o avalista, Gordinho”, falou.
Sikeira comentou ainda que Fabiano Gomes o chamou para ser sócio em uma TV, mas ele não aceitou o convite por não se “associar com bandido”. “Você me convidou para ser seu sócio da TV imaginária, que só existe em sua cabeça. Eu não tenho sócio bandido, eu não tenho sócio pedófilo, traficante, moleque! Deus sabe o que faz, o que ele me deu foi um livramento”, contou.
Veja um dos vídeos:
Em seguida, o apresentador afirmou que Fabiano Gomes fez acusações contra ele porque os paraibanos gostaram de seu trabalho. “A sua raiva é porque as pessoas gostaram do meu trabalho, sabem que eu não devo nada a politico nenhum, porque eu não passo cheque para ninguém”, comentou.
Sikeira Júnior finalizou a polêmica dizendo que uma “bomba” sobre a esposa do “Gordinho” está para sair. “Te cuida Gordinho, tem gente tua envolvida ai com tua esposa, mas tu sabe o que vai acontecer. Aí, já não é problema meu, é teu. Faz um tratamento, você precisa de oração”, finalizou.
Redação PB Debate com Polêmica PB