Publicidades

Doação de órgãos cresce exponencialmente na Paraíba e Salva Vidas

A redução da recusa familiar e a maior eficiência no processo de notificação de potenciais doadores fizeram com que a Paraíba registrasse um aumento significativo no número de doadores efetivos de órgãos no primeiro semestre deste ano.
Um balanço da Secretaria de Estado da Saúde aponta que o número de doações de órgãos vem crescendo exponencialmente e salvando vidas.
Em 24 horas, familiares autorizaram a doação de dois fígados e três rins neste final de semana. E quase um coração foi transplantado, mas, devido a incompatibilidade com a receptora o transplante foi adiado.
De Acordo com o secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, a Secretaria orienta àqueles que desejam ser doadores de órgãos para que deixem a intenção clara aos seus familiares, porque somente a família pode autorizar a retirada de órgãos para transplante.
A possibilidade de doação de córneas é maior porque o tecido pode ser retirado até seis horas após a parada cardíaca do paciente. Nos outros casos, os órgãos só podem ser aproveitados para transplante em caso de morte encefálica, mas com o coração do potencial doador ainda em funcionamento.

Doações de órgãos neste fim de semana:
Neste domingo, 04 de agosto de 2019, foram registrados as seguintes doações no Hospital de Trauma de João Pessoa:
Doador (a): C.L.S., 41 anos – Motivo do coma: AVCh espontâneo; aneurisma cerebral roto; hemorragia intraventricular;
-> Fígado
Receptora: Ângela Maria de Sousa, 22 anos – João Pessoa – PB; transplante no HNSN;
-> Rim direito
Receptora: Alexandra do Amaral Rodrigues – Salvador – BA;
-> Rim esquerdo
Receptora: Francisca Lúcia de Medeiros – 45 anos – João Pessoa – PB; transplante no HNSN;
-> Córnea
À disposição do Banco de olhos – CET/PB
Doações de órgãos registrada no Hospital de Trauma de Campina Grande neste sábado 03 de agosto de 2019:
Doador (a): C.L.S., 38 anos;
Motivo do coma: AVCh espontâneo; aneurisma cerebral roto;
-> Rim direito/Rim esquerdo
Receptores: Josinaldo Costa de Melo, 30 anos; João Paulo Alves Tavares da Costa, 38 anos; – João Pessoa – PB; transplante no HNSN;
-> Fígado
Receptor: Ivanízio Soares da Silva, 53 anos– João Pessoa – PB; transplante no HNSN;
-> Córnea
Banco de olhos – CET/PB