Publicidades

Mulher que estava desaparecida é achada morta em Patos

O corpo de Maria da Conceição, conhecida como Ceiça, de 32 anos, foi localizado na tarde desta quarta-feira (21) na Zona Rural do município de São José de Espinharas, Sertão paraibano, a 385 quilômetros de João Pessoa. Ceiça estava desaparecida desde o dia 15 deste mês e pode ter sido morta pelo ex-companheiro, que foi encontrado morto.
Corpo foi achado às margens de BR; ex-marido é suspeito e foi achado morto (Foto: Cícero Araújo/Vitrine Patos)
O corpo da vítima foi achado por um agricultor e embaixo de um pontilhão, às margens da rodovia BR-110. De acordo com o delegado Elcenho Leite, o corpo estava em avançado estado de decomposição.
“O agricultor estava passando pelo local e percebeu o mau cheiro. Quando ele foi olhar embaixo do pontilhão, acabou encontrando o corpo. Ele acionou a Polícia Militar e a Civil e conseguimos identificar o corpo de Ceiça. Vamos aguardar os exames cadavéricos que vão definir a causa de morte e concluir a investigação”, afirmou o delegado.

O caso

Ceiça desapareceu no dia 15 deste mês após se encontrar com o ex-companheiro, Jozinaldo Queiroga da Costa, de 33 anos. O desaparecimento dela foi comunicado à Polícia Civil no dia 16.
Segundo a polícia, no dia 15, Ceiça e Jozinaldo teriam almoçado em clima tranquilo com familiares e ele deixou ela no trabalho. No fim da tarde, Ceiça foi vista, por meio de câmeras de segurança, saindo do emprego em uma loja de Patos, sozinha e a pé.
Já Jozinaldo voltou para casa onde morava com familiares às 21h, saiu novamente, retornou para casa às 4h do dia 16, tomou um banho e saiu de novo, dessa vez no carro do pai.
A polícia foi acionada algumas horas depois e quando deu início às investigações, achou Jozinaldo morto enforcado em uma casa abandonada onde ele tinha morado com a ex-companheira na Zona Rural de Quixaba. A suspeita da polícia é que ele tenha cometido suicídio.
O celular de Jozinaldo foi levado para perícia, em João Pessoa, para que seja investigado. Parentes afirmaram que Ceiça e Jozinaldo estavam separados desde junho deste ano, tinham problemas no relacionamento e que ele já a teria agredido por ciúmes. Jozinaldo estaria insatisfeito com o fim do relacionamento, mas teria conseguido apaziguar a situação um dia antes de aparecer morto.
*Com informações de Cícero Araújo, Vitrine Patos