Publicidades

Secretaria de Saúde de Paulista segue mapeando possíveis focos de leishmaniose

Em fase de conclusão do mapeamento, através de exames, da área identificada com caso de leishmaniose em um humano, para detecção de possíveis focos da doença, a Secretaria de Saúde de Paulista vai iniciar o trabalho de detecção da doença nos animais errantes (cães de rua).

Em contato com nossa reportagem a secretária de saúde do município, Juliana Silveira disse que após conclusão do mapeamento será dado início ao processo de eutanásia dos animais infectados, “os proprietários dos animais infectados serão notificados e terão nosso acompanhamento. Os procedimentos serão realizados em local adequando que será disponibilizado pela prefeitura em parceria com a FUNASA”. Disse Juliana.

A secretaria aguarda os resultados dos exames de mais de 170 cães que tiveram material coletado.

Como a leishmaniose pode ser transmitida através do mosquito-palha ou flebotomíneo, a secretária destacou ainda que está solicitando do governo do estado um Carro Fumacê para realizar a pulverização na cidade e possível eliminação desses transmissores.