Publicidades

Sogra castra e mata genro por não pagar pensão alimentícia dos filhos

Um mulher confessou que castrou e esfaqueou 27 vezes um homem na cidade de Nogorod, Rússia. Segundo a imprensa local, a autora do crime era sogra de Dmitry Bogdanov, 32 anos, e disse que matou o ex-genro porque ele estava com pagamento da pensão alimentícia dos filhos atrasado.
Segundo a polícia, o rapaz estava na casa da ex-sogra para falar sobre o dinheiro quando uma briga começou. A mulher, que não teve o nome divulgado, pegou uma faca e golpeou Dmitry várias vezes. Logo depois, cortou os testículos da vítima e o jogou pela janela do prédio.
Depois de cometer o homicídio, a mulher ligou para a filha e contou todo o ocorrido. A ex-mulher dele, então, ligou para a polícia e foi até o local. De acordo com o jornal Daily Mail, inicialmente, a ex-sogra negou o crime, mas, em seguida, confessou. A polícia segue investigando o caso.