Publicidades

Fiscalização encontra furto de água em dois municípios


Uma operação entre a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) e a Polícia Civil flagrou quatro desvios de água em adutoras do estado. Os crimes estavam sendo cometidos na Zona Rural dos municípios de Pilar e Itabaiana.
A fiscalização começou nessa terça-feira (24) e ocorreu após denúncias anônimas. Segundo o gerente regional da Cagepa no Litoral, Rubens Falcão, as ligações clandestinas ocasionam vazamentos, perda de pressão na rede e, consequentemente, falta de água para a população.
Com o flagrante e retirada de desvios em adutoras e ligações clandestinas, o abastecimento de diversas localidades foi normalizado.
A pena para quem comete fraudes na rede é o pagamento de multa, além dos custos para regularização da ligação de água. Assim que a fraude é comprovada, a companhia interrompe o fornecimento de água no imóvel e notifica o cliente. Se este for autuado pela Polícia Civil, responderá por crime de furto, sob pena de reclusão de 2 a 8 anos (
Quem perceber bombas instaladas na rede de abastecimento deve denunciar imediatamente o fato à polícia ou a própria Cagepa por meio do teleatendimento 115. A ligação é gratuita e pode ser feita de telefone celular.