Publicidades

Gervásio Maia pediu R$ 46 mil de reembolso à Câmara Federal por 6 meses de aluguel de carro de luxo

Assim como a senadora Daniella Ribeiro, o deputado federal Gervásio Maia é mais um político humilde que não tem condições de comprar um carro para andar em seu próprio estado, apesar de receber um salário de mais de R$ 33 mil.
E para não utilizar ônibus ou Uber – como nós, meros mortais pagadores de impostos – Gervásio alugou um carro de luxo, mas quem paga a conta é a Câmara Federal. Na verdade, a conta é paga pelo contribuinte, pois a Câmara não tem máquina de fazer dinheiro, ao contrário, é uma máquina de gastar dinheiro.
Em tempos de crise econômica, o parlamentar poderia ter locado um carro popular mais em conta, né?
O mais curioso é que os nossos representantes no Congresso tem um carinho especial pela empresa de locação O&L, mesmo ela cobrando bem mais caro que a Localiza ou demais empresas do ramo:
Apesar de ser imoral, não há nada de ilegal no fato de Gervásio Maia pedir à Câmara o ressarcimento pelo seu carro de luxo.
Somos o país dos privilégios. Mas de uma pequena casta; judiciário e políticos.
O resto trabalha duro pra manter as mordomias dessa elite.