Publicidades

Ministério da Saúde enviará comissão para avaliar funcionamento dos Hospitais da FAP e Napoleão Laureano



O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, garantiu durante audiência com comitiva formada por deputados estaduais da Paraíba, que vai solicitar uma visita de técnicos do Ministério aos Hospitais da FAP, em Campina Grande; o Napoleão Laureano e São Vicente de Paulo, em João Pessoa, além do Hospital do Bem, em Patos, com o objetivo de analisar as demandas e dificuldades de manutenção das unidades de saúde. 
Segundo o deputado Tovar Correia Lima (PSDB), a iniciativa se deu após ser solicitada pelos parlamentares uma ajuda do Governo Federal no atendimento aos pacientes de câncer na Paraíba.
“O ministro se mostrou muito sensível ao nosso pedido de ajuda para os hospitais paraibanos, referências no atendimento aos pacientes de câncer. Solicitamos o aumento de custeio e mais investimentos para compra de equipamentos. Esse é o nosso papel, o de buscar recursos e investimentos para garantir um tratamento de qualidade aos paraibanos que enfrentam essa doença. O próximo passo é aguardar essas visitas dos técnicos dos ministérios para verificar a necessidade de mais investimentos nesses hospitais”, disse o deputado.
Tovar chegou a apresentar um pedido de audiência com o governador João Azevêdo, junto com a bancada de Campina Grande na Assembleia Legislativa, para apelar por ajuda ao Hospital da FAP.
“Estamos sempre atentos a realidade do Hospital que presta um importante atendimento aos campinenses e também a paraibanos de outros 121 municípios. Vamos sempre trabalhar em prol dessa unidade de saúde”, afirmou.
Além de Tovar, participaram da audiência com o ministro da Saúde os deputados estaduais Wilson Filho, Cabo Gilberto, Doutora Paula e João Henrique; os deputados federais Ruy Carneiro,  Edna Henrique e Wilson Santiago; o secretário-executivo de Estado da Representação Institucional, Adauto Fernandes; e o diretor-presidente da Fundação Napoleão Laureano, Carneiro Arnaud.
 
O Hospital 
- A FAP é uma Entidade Filantrópica, fundada em abril de 1965, na cidade de Campina Grande no Estado da Paraíba.
Ampliou o seu atendimento ao paciente acometido de Câncer, em 10 de fevereiro de 1999, quando foi inaugurado o Centro de Cancerologia Dr. Ulisses Pinto, passando a oferecer um serviço capacitado para o atendimento do paciente, no seu diagnóstico e tratamento, com a realização de Cirurgias Oncológicas, Quimioterapia, Hormonioterapia e Radioterapia. Atualmente a FAP realiza mais de 60 mil atendimentos por ano.