Publicidades

Operação flagra desvio de energia para irrigação em imóveis rurais


Uma operação flagrou três unidades rurais que estavam promovendo o desvio de energia elétrica para o serviço de irrigação de plantações. Os crimes vinham sendo cometidos nos municípios de Boqueirão e Barra de Santana. A estimativa é de que o crime tenha causado prejuízos superiores a R$ 35 milhões.
A ação aconteceu com a participação da Polícia Civil e Energisa. “Estima-se que em Boqueirão e Barra de Santana a perda por furto de energia é de aproximadamente 1,4 GWh, o que seria suficiente para abastecer, durante um mês, mais de 10 mil residências”, disse Felipe Costa, gerente de combate a perdas de energia.
Segundo a Energisa, furto de energia é crime, previsto no Código Penal, no art. 155 e art. 171, com pena de até cinco anos de reclusão e multa. Além do crime, o Governo do Estado deixa de arrecadar mais de R$ 35 milhões por ano e a população perde com isso, uma vez que os valores poderiam ser revertidos em infraestrutura básica, como saúde e educação.
Denuncias sobre furto de energia podem ser feitas através do telefone 0800 083 0196; no site energisa.com.br; no aplicativo Energisa On ou nas agências de atendimento da empresa.