Publicidades

Professores da Escola Estadual Francisco de Sá Cavalcante abrem o jogo sobre a chegada da ECIT na cidade de Paulista

Nesta terça-feira, 24/12/2019 as vésperas da noite natalina, parte dos professores da escola Estadual Francisco de Sá Cavalcante, se pronunciaram publicamente, pela primeira vez, acerca da chegada do novo modelo de Ensino Cidadão Integral técnico- ECIT, anunciado pelo governo do estado da Paraíba, através de uma live ocorrida no último dia 17/12/2019 no instagran oficial das Escolas Cidadãs Integrais @ECIPB. Conforme divulgação, a referida escola deixará de oferecer o ensino regular, passando a ofertar o ensino integral técnico, no qual os alunos terão acesso ao curso técnico na área de informática.  

Diante de inúmeras incertezas geradas após comunicado do governo, as professoras Kadygyda, Gerlania, Andreza, Jacsandra, Audenora, Kaliane e o professor Markbenésio, e também acompanhados da aluna Andreza, vice- presidente do grêmio escolar abrem o jogo, mostrando os questionamentos e angustias trazidos com o Novo Ensino. 

Inicialmente, foi exposto sobre o funcionamento da ECIT, os professores falaram sobre os objetivos, programas, horários de funcionamento e estrutura física adequada para o funcionamento da mesma. 

Diante das informações indagou-se sobre as vantagens e desvantagens do programa educacional ECIT para a cidade de Paulista. Logo, ocorreu que as desvantagens para o nosso município ultrapassam as vantagens. 

  • Podendo até enumera-las. 

  • A falta de estrutura física compromete o bom funcionamento do programa; 

  • Em caso de reforma, como promete o governo, a mesma não será realizada e finalizada até o início do ano letivo. 


Exclusão de 40% dos alunos. Serão excluídos da escola aqueles que não tiverem disponibilidade para permanecer os dois horários na mesma. Ou seja, o aluno que trabalha terá que optar entre o sustento e os estudos. 

Na mesma ocasião os professores relataram que a escola atende a um público bem diversificado, alunos da zona urbana e rural, alunos de classe sociais média e baixa, e alertaram que  o novo modelo de ensino não contempla a nossa realidade, os mesmos chamaram a atenção da população e dos nossos representantes políticos para juntos lutarmos por uma educação inclusiva, que atenda a todos, ao invés selecionar seu público e excluir os menos favorecidos. 

Assim, em nome da Escola Estadual Francisco de Sá Cavalcante os professores convidam toda comunidade escolar para se fazerem presente na reunião que acontecerá dia 08/01/2019 às 08:30, na sede da referida escola, para tirar todas as dúvidas sobre a ECIT, bem como cobrar dos representantes do estado o acesso e permanência do aluno na escola, haja vista que a educação é dever do estado e direto dos jovens estudantes.