Publicidades

Estudantes de Paulista fazem manifestação em apoio à professora do estado demitida por apoiar movimento estudantil



Estudantes da Escola Estadual Francisco de Sá Cavalcante, em Paulista, sertão paraibano, realizaram uma manifestação pacífica em apoio a professora de filosofia Andreza Magda, demitida do quadro estadual na última segunda-feira, dia 17, por ter apoiado o movimento estudantil contra a instalação da Escola Técnica Integral em Paulista.

A única Escola Estadual de Paulista foi elevada à escola Cidadã Técnica Integral, mas, muitos pais e estudantes se posicionaram contra a instalação do modelo em Paulista por entenderem que a escola não oferece estrutura capaz de abrigar tal projeto.

Em uma audiência pública realizada pelo Ministério Público, com a presença de representantes da educação estadual, os alunos denunciaram problemas, como; questões ainda não definidas sobre o transporte escolar; banheiros sem porta, telhado danificado, falta de ventiladores, outros funcionando mau, mau cheiro de esgoto e bebedouros fornecendo água de má qualidade. Foram alguns dos problemas apontados ao promotor de justiça Dr. Oswaldo Lopes.

Em entrevista à Rádio Comunitária Paulista FM, na manhã desta quarta-feira (19) a Andreza Magda disse que recebeu a notícia da quebra de contrato por uma mensagem de whatsapp e, disse não ter dúvidas de estar sendo vítima de perseguição do governo por ter se posicionado a favor das melhorias na qualidade de ensino, reivindicadas pelos estudantes.