Publicidades

Professora contratada do estado é demitida por, supostamente, ter apoiado movimento estudantil em Paulista


A Professora de filosofia, da Escola Estadual Francisco de Sá Cavalcante, da cidade de Paulista, sertão paraibano, Andreza Magda, foi demitida ontem dia 17 de fevereiro. Segundo alegações, Andreza foi demitida por "encabeçar" o movimento que pedia pela não-integralização da escola.

A informação foi confirmada nesta terça-feira (18) através de um manifesto divulgado pelos estudantes que estavam lutando pelo direito de escolha de estudar ou não de forma integral e, pela melhoria das condições da escola.

Que fique claro que, os alunos, junto a alguns professores, estavam lutando pelo direito de escolha de estudar ou não de forma integral e, pela melhoria das condições da escola. Por isso perguntamos "por onde andará a nossa democracia?" Questiona o manifesto.

Saliente-se aqui que Andreza é a única professora licenciada em filosofia no município de Paulista. Ass.: 3°"A". Sentencia o manisfesto.