Publicidades

Mais de 10 mil idosos circularam em ônibus de Campina Grande durante quarenta do coronavírus


Mesmo com as orientações de combate ao coronavírus alertar para a importância do isolamento, a quarentena em Campina Grande preocupa. É que segundo dados da Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STTP) pelo menos 10.400 idosos circularam no transporte público da cidade, entre o domingo (23) e a sexta-feira (27). 
O órgão alerta para a preocupação com o alto número de idosos - considerado grupo de risco, fazendo o uso do transporte em meio a pandemia do coronavírus. Segundo o superintendente da STTP, Félix Neto, há uma grande preocupação com a quantidade de idosos utilizando os serviços mesmo após as recomendações de isolamento social como prevenção ao novo coronavírus.
Nos dados mais recentes, a média é de 2.080 idosos por dia circulando de ônibus. Conforme os dados divulgados, apenas um idoso circulou 36 vezes nos cinco dias registrados.
Ainda de acordo com Félix, o aumento se deu após a fala do presidente Jair Bolsonaro, sobre uma possível suspensão do isolamento social para reativar a economia. Depois de anuncio, o volume de passageiros idosos no sistema ônibus de Campina Grande voltou a crescer. 
Clock PB