Publicidades

Bandidos usam Auxílio Emergencial para aplicar golpes na PB


Bandidos usaram o Auxílio Emergencial do Governo Federal para aplicar golpes em Guarabira, São José dos Ramos e Patos, no interior da Paraíba. A Polícia Civil está investigando três golpes nessas cidades e alerta para que a população só forneça dados pessoais em sistemas oficiais do governo.
Estelionatários estão aproveitando a situação de crise para divulgar por meio de aplicativos de conversas links que direcionam o internauta a sites falsos, que simulam ser pertencentes aos órgãos federais. Esses links começaram a circular antes mesmo do anúncio oficial do governo sobre a liberação do auxílio. O objetivo dos fraudadores é ter acesso a dados pessoais das vítimas.
A Polícia Civil iniciou investigação para apurar a prática do crime e recomenda que a população faça as denúncias por meio do Disque 197 ou registre as ocorrências na delegacia online , disponível no endereço www.delegaciaonline.pb.gov.br.
Segundo o Governo Federal, trabalhadores informais, Microempreendedores Individuais (MEI) e os contribuintes individuais do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) que não estão no Cadastro Único do Governo Federal já podem acessar o aplicativo para celular e o site da Caixa Econômica Federal para cadastro e solicitação do auxílio emergencial de R$ 600. Uma parcela deste público começou a receber os recursos desde essa quinta-feira (10).
No entanto, ainda há brasileiros com direito ao benefício e que não se cadastraram e que serão beneficiados em datas posteriores .
O aplicativo está disponível em Android, IOS e em versão Web, nos sites oficiais do Governo Federal. Veja aqui.
O benefício foi disponibilizado para garantir uma renda mínima às pessoas que estão em situação mais vulnerável durante a pandemia. O governo também disponibilizou uma central telefônica (número 111) para tirar dúvidas.