Publicidades

Cantor Paulynho Paixão escapa de acidente de carro e três horas depois morre ao cair de moto no Piauí


O cantor piauiense Francisco de Paula Moura, o Paulynho Paixão, 43 anos, morreu após sofrer um grave acidente de moto na madrugada desta sexta-feira (3). Na quinta-feira (2), ele havia sofrido outro acidente de carro por volta das 22h no qual saiu ileso. 
De acordo com o irmão de Paulynho Paixão, Francisco da Cruz Moura, o primeiro acidente foi por volta das 22h na BR-316, próximo à cidade de Passagem Franca do Piauí. Nesse caso, ele não teve ferimentos e foi para a casa da família, em São Miguel da Baixa Grande, de onde foi encaminhado ao hospital.
“Ele escapou ileso de um acidente de carro, mas não escapou do de moto”, disse o irmão do cantor. 
Mais tarde, o cantor decidiu voltar ao local de moto, aproximadamente 00h30, e caiu na PI-225, cerca de 159 km de Teresina. Horas depois, os irmãos de Paulynho Paixão foram ao local para tentar buscar o carro em que ele havia se acidentado e viram o corpo do artista caído no chão.
Paulynho foi novamente encaminhado ao hospital, mas morreu por volta de 3h da manhã. O velório acontecerá em São Miguel da Baixa Grande, cidade natal do cantor.
Com 15 anos de carreira, Paulynho era conhecido como o “Rei do Coladinho”, e ficou famoso principalmente no Norte e Nordeste do país, e compôs músicas interpretadas por artistas como Simone e Simaria, Luan Santana, Wesley Safadão e Gusttavo Lima.