Publicidades

Dom Aldo morre em Fortaleza com suspeita de coronavírus


O Arcebispo Emérito da Paraíba, Dom Aldo di Cillo Pagotto, morreu na tarde desta terça-feira (14), em Fortaleza (CE), com sintomas suspeitos de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A informação foi confirmada pelas Arquidioceses da Paraíba e de Fortaleza (CE).
O religioso tinha 70 anos e exercia o ministério no Santuário São Benedito, no Centro de Fortaleza. Ele enfrentava um tratamento contra um câncer e na noite dessa segunda (13) apresentou dificuldade respiratória. Dom Aldo chegou a ser entubado e transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular da capital cearense, apresentando sintomas suspeitos da Covid-19, onde não resistiu e acabou falecendo.
Segundo a assessoria de imprensa da Arquidiocese de Fortaleza, o corpo do Arcebispo Emérito ficará guardado, refrigerado no hospital, até que saia o resultado do exame que ateste se ele estava ou não com Covid-19. A previsão é que o resultado saia nesta quarta (15). Caso seja confirmado, o corpo deve seguir direto para o sepultamento, conforme as normas das autoridades sanitárias e de saúde do Estado do Ceará e da Prefeitura de Fortaleza.
“Manifestamos a nossa solidariedade a sua família e à congregação do Santíssimo Sacramento a qual fazia parte. Descanse em paz”, disse a Arquidiocese de Fortaleza. “Lamentamos profundamente o falecimento de seu Arcebispo Emérito, Dom Aldo di Cillo Pagotto, SSS. Aos 70 anos, Dom Aldo descansa e volta aos braços do Pai. Neste momento de luto, nos solidarizamos com os familiares e irmãos da congregação do Santíssimo Sacramento, da qual ele fazia parte”, divulgou a Arquidiocese da Paraíba.
O Arcebispo da Paraíba, Dom Manoel Delson, divulgou um vídeo; assista abaixo.


Perfil


Dom Aldo nasceu no dia 16 de setembro de 1949 na cidade Santa Bárbara D’Oeste (SP). Cursou filosofia e teologia no Seminário Diocesano Nossa Senhora do Rosário, em Caratinga (MG) e no Seminário São Pio X, com Padres Sacramentinos. Foi ordenado Presbítero em 7 de dezembro de 1977 e sagrado Bispo no dia 31 de outubro de 1997, por Dom Cláudio Hummes, então Arcebispo de Fortaleza. Pastoreou a Diocese Sobral como coadjutor entre 1997 e 1998, depois assumindo como Bispo titular, onde ficou até o ano de 2004. Foi Arcebispo da Paraíba de 2004 a 2016.
Polêmicas
Enquanto Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo foi acusado de praticar exploração sexual de menores na Arquidiocese. A investigação acabou sendo arquivada em 2017. Em julho de 2016, ele deixou a Paraíba e se mudou para Fortaleza alegando motivos de ordem pessoal.