Publicidades

Fenômeno raro é visto no céu da Paraíba; vídeo

Um fenômeno raro foi visto no céu paraibano no começo da madrugada de sábado (18). O chamado ‘gigantic jet’ (‘jato gigante’) se formou a partir de uma nuvem de tempestade que estava próxima a Caicó, no Rio Grande do Norte, a cerca de 250 km de onde foi registrado, em João Pessoa. As imagens foram capturadas pela Rede Brasileira de Detecção de Meteoros (Bramon), que é uma rede de astrônomos profissionais e amadores do Brasil.
Apesar do registro ter sido feito no sábado, as informações só foram divulgadas nesta segunda-feira (20) pela Associação Paraibana de Astronomia (APA).

Veja o vídeo

Leia também:

Esse fenômeno é o segundo já visto na Paraíba. O primeiro registro no Brasil foi feito em 2017, ocorrido em Taperoá e identificado em Campina Grande. Veja o registro de 2017 abaixo:

Jato gigante

O jato gigante é o mais raro dentre os Eventos Luminosos Transientes (TLEs), que são fenômenos de curta duração que ocorrem acima das tempestades. Os TLEs são associados a descargas atmosféricas comuns, também conhecidas como raios, dentro das tempestades. Os TLEs mais comuns são os sprites, que também já foram registrados na Paraíba algumas vezes. Existem outros TLEs, como elfos, halos, trolls, blue starters e jatos azuis.
Os jatos gigantes são como uma variação de jatos azuis, que se desenvolveram mais intensamente e evoluíram. A teoria mais aceita é a de que os jatos gigantes se formam entre duas regiões de cargas opostas em uma nuvem de tempestade, e disparam para a ionosfera, atingindo até 90 km de altitude, formando, na sua parte mais alta, ramificações avermelhadas.