Publicidades

Prefeitura de Paulista garante recursos para a folha de Abril mas não confirma vencimentos de Maio


Considerando a crise que assola o nosso país e todo o mundo, em consequência da emergência de saúde pública decorrente da pandemia do COVID-19, a qual vem aumentando os gastos públicos com o estabelecimento das medidas de enfrentamento da emergência, mas, de forma mais agressiva, vem penalizando os menos favorecidos, diante do fechamento do comércio e demissão em massa em vários seguimentos.

Através do Decreto Municipal Nº 16/2020, assinado nesta segunda-feira (20) pelo prefeito Valmar Arruda de Oliveira, o gestor autoriza as secretarias municipais de Paulista a realizarem, de forma integral, o pagamento salarial de todos os servidores do município, incluindo os Prestadores de Serviços e Contratados por Excepcional Interesse Público.

No entanto, diante do exposto não há garantias de recursos para o pagamento integral da folha no mês de maio e novas medidas poderão ser adotadas a qualquer momento, em função do cenário epidemiológico, econômico e financeiro do município.

As medidas do prefeito Valmar Arruda se assemelham as decisões de muitas prefeituras Brasileiras diante do momento de crise em saúde pública e financeira por que hora passam em razão da pandemia do novo Coronavírus.

A gestão do prefeito Valmar conseguiu manter a folha de pagamento de todos os servidores do município em dia, dentro do mês trabalhado, até agora, mesmo diante das quedas constantes nos repasses do Governo Federal.

Mas... e agora?
Esse é um questionamento que nem mesmo o gestor consegue responder diante do senário de incertezas que vive o país.

Veja AQUI o decreto na integra