Publicidades

Homem é preso em Queimadas após matar mulher grávida para não assumir filho

Um homem de 19 anos foi preso, na madrugada desta quarta-feira (27), suspeito de matar uma mulher grávida para não assumir o filho. O caso ocorreu no Sítio Capoeiras, zona rural de Queimadas, Agreste paraibano, vitimando a jovem Michele Alves da Silva Veloso, de 19 anos. 
O feminicídio aconteceu na noite dessa terça-feira (26) e o suspeito foi preso em flagrante, poucas horas depois pela Polícia Civil da Paraíba, por meio do Grupo Tático Especial/Núcleo de Homicídios da 12ª Delegacia Seccional de Esperança.
De acordo com informações do delegado Cristiano Santana, a vítima foi morta com vários disparos de arma de fogo. “Segundo as testemunhas, o crime teria sido motivado pela recusa do autor em assumir o filho que a vítima estava esperando”, relatou.
O suspeito foi autuado na sede da Delegacia de Queimadas e ficará à disposição da Justiça local.