Publicidades

Ministério Público investiga denúncia de uso político na distribuição de cestas básicas pela prefeitura de Pombal

Uma denúncia anônima feita no site do Ministério Público da Paraíba está sendo investigada pela Promotoria de Justiça em Pombal, tendo já o prefeito Abmael Lacerda (Verissinho) sido notificado para apresentar defesa.
Blog do Naldo Silva teve acesso ao teor da Representação, onde a pessoa acusa o gestor, a Secretária de Desenvolvimento Humano, Mayene-Van, e o ex-vereador Marcos Bandeira – cunhado de Verissinho – de usarem a distribuição de feiras para pessoas carentes para fins eleitoreiros.
A denúncia relata que “só estão entregando [as cestas básicas] aos aliados políticos, fazendo política sebosa com os mais humildes”, acrescentando que as pessoas que buscam o atendimento “passam o dia no sol, em frente à secretaria, e o prefeito fazendo politicagem”.
“Por favor, ajude os mais necessitados, Promotores de Justiça de Pombal, estamos com muitas necessidades, a política está demais”, escreveu o (a) denunciante (veja abaixo).
Na própria rede social da prefeitura (Facebook), é possível constatar as reclamações de moradores quanto aos critérios na distribuição das feiras ou da demora no atendimento (clique na imagem para ampliar).
Na última semana, ao participar do jornal “Primeira Hora”, da Liberdade FM, Marcos Bandeira negou que as irregularidades estejam sendo praticadas e acusou a oposição de “armar” a denúncia.
Ele afirmou que a distribuição obedece critérios sociais e que pessoas que não seguem politicamente a gestão municipal também estão recebendo o auxílio.
Blog do Naldo Silva