Publicidades

Borracheiro de Piancó é preso suspeito de manter mais de 30 aves em cativeiro


Um borracheiro foi preso, nesta quarta-feira (8), suspeito de praticar maus-tratos contra animais em Piancó, no Sertão da Paraíba. Segundo informações da Polícia Civil, pelo menos 35 aves eram mantidas em cativeiro.

A polícia chegou até o local em que os animais estavam presos, após receber denúncias anônimas. No cativeiro, as mais de 30 aves foram encontradas em 33 gaiolas.

Em depoimento, o suspeito informou que tem autorização para criar quatro sabiás, dois chofreus e um azulão.

As aves ficarão em um viveiro até aprenderem a viver na natureza. Em seguida elas serão soltas em uma reserva particular de proteção natural.

Após o depoimento, o borracheiro assinou um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) e vai responder pelo crime em liberdade. Ele ainda poderá ser multado, conforme análise do Ibama.

G1