Publicidades

Criança de 1 ano morre com suspeita de fome e desidratação


Uma criança de 1 ano morreu, nesse domingo (12), com suspeita de fome e desidratação, conforme apurado pela TV Correio em reportagem de David Martins, para o Correio Verdade, levada ao ar nesta segunda-feira (13). O caso ocorreu em Mamanguape, no Litoral Norte da Paraíba.
A mãe da criança a levou para o Hospital Geral de Mamanguape (HGM) ao perceber que ela não estaria bem. A mulher é mãe de outros seis filhos, sendo que a bebê e outro menino de 4 anos moravam com ela. Os outros cinco ficaram com o pai, na cidade de Marcação, de onde ela saiu para morar com uma companheira em Mamanguape.
No hospital, médicos e enfermeiros constararam que a criança estava com sinais de fome e desidratação. A Polícia Militar foi acionada pela unidade de saúde. Segundo o sargento Leite, à TV Correio, a mãe da criança teria dito que estava com ela há três dias, mas a PM apurou que os dois filhos estariam com a mulher há pelo menos três meses.
A PM foi à casa onde ela mora, em Mamanguape, e encontrou a outra criança muito magra em um ambiente insalubre. Polícia Civil e Conselho tutelar foram acionados. A criança de 4 anos voltou para Marcação, onde foi entregue aos cuidados do pai.
A mãe foi presa em flagrante e poderá ser acusada de homicídio com dolo eventual, por ter assumido o risco de matar a criança.