Publicidades

Governo anuncia mais duas parcelas do auxílio emergencial de R$ 600


Integrantes do ministério da Economia confirmaram que o governo federal aceitou a proposta do Congresso Nacional e estendeu o auxílio emergencial em duas parcelas de R$ 600. A informação é do blog da Ana Flor. Não é preciso enviar nova proposta ao Congresso para pagar por mais tempo as parcelas neste valor. A lei que criou o auxílio deu ao governo o poder de renovar o benefício, mas apenas com parcelas iguais às iniciais, aprovadas em abril.

Inicialmente, o governo propôs pagar mais três parcelas de R$ 300. Depois, passou a defender um escalonamento decrescente, com parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300, mas não teve apoio de parlamentares.
Pelas contas da Instituição Fiscal Independente (IFI), do Senado, cada parcela do auxílio custa, por mês, R$ 50 bilhões aos cofres públicos.
De acordo com o site disponibilizado pelo governo federal para atualizações das estatísticas da Covid-19, o Brasil tem 1,3 milhão de casos e 58,4 mil mortes provocadas pela doença.