Publicidades

Mãe suspeita de maus tratos após morte de criança de 1 ano deixa prisão, na PB


A mãe que foi presa suspeita de cometer maus tratos contra uma criança de um ano e dois meses deixou o Centro de Reeducação Feminina Júlia Maranhão, em João Pessoa, no fim da tarde desta quarta-feira (15). De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), a liberação aconteceu após a apresentação de um alvará de soltura.


A Seap, no entanto, informou também que o documento não aponta o motivo da soltura. O G1 não conseguiu contato com a 3ª Vara Mista de Mamanguape, que expediu o alvará, até 20h30 desta quarta.

De acordo com a direção do Hospital Geral de Mamanguape, a menina deu entrada no local no domingo (12) com sinais de desnutrição intensa. Após exames, foram identificados além do quadro desnutrição, uma anemia severa e desconforto respiratório. Ela morreu na última segunda-feira (13) após sofrer uma parada cardiorrespiratória em Mamanguape, Litoral Norte da Paraíba.

Após piora, a criança foi entubada. Segundo o diretor técnico do hospital, Luís Ferreira, foi solicitada uma vaga no Hospital Infantil Arlinda Marques, mas a criança não teve estabilidade clínica para ser transportada.

"Evoluiu para uma parada cardiorrespiratória e não retornou apesar das manobras de ressuscitação realizadas aqui no hospital", disse o diretor.