Publicidades

Metade dos empreendedores da PB tem dívidas ou empréstimos atrasados


Uma pesquisa do Sebrae Paraíba com 66 empreendedores constatou que 72% deles possuem alguma dívida ou empréstimo ativo. Desse total, 50% disseram que estão com essas dívidas ou empréstimos em atraso, enquanto 22% informaram estar com os pagamentos em dia. Outros 28% afirmaram que não possuem nenhum tipo de empréstimo ou dívida ativos.
Já em relação ao impacto provocado pela pandemia no faturamento mensal das empresas, a pesquisa, realizada entre os dias 25 e 30 de junho, indica que a maioria dos entrevistados, 85,2%, registrou diminuição das receitas. Outros 8,3% disseram que o faturamento permaneceu igual, 5,1% contabilizaram aumento durante a pandemia e 1,5% não soube ou não respondeu.
Ao comentar os números, a analista do Sebrae Paraíba, Márcia Timótheo, destacou que o momento atípico vivido pela sociedade exige harmonia, solidariedade, boa-fé e serenidade nas negociações.
“O melhor a fazer é verificar a real situação financeira da empresa. É preciso saber o quanto se pode pagar para renegociar com fornecedores, instituições financeiras, entre outros. Além disso, com a retomada das atividades e a projeção da expectativa do faturamento dos meses seguintes, também é possível propor alternativas de pagamento baseadas na capacidade do negócio”, explicou.