Publicidades

Ministro Vital do Rêgo recebia mesada de R$ 100 mil, delata Sérgio Cabral


A Crusoé informou, nesta quarta-feira (15), que Sérgio Cabral delatou três ministros do Tribunal de Contas da União (TCU). Um dos nomes citados foi o do paraibano Vital do Rêgo Filho, que teria recebido R$ 100 mil mensais por um período de mais de um ano.
De acordo com as informações, os valores mensais foram recebidos por meio de um contrato simulado entre a Fecomércio e um escritório de advocacia. Além do ministro paraibano, também foram citados os nomes de Bruno Dantas e Raimundo Carreiro.
“Eles teriam recebido valores mensais, por meio de um contrato simulado entre a Fecomércio e um escritório de advocacia. Cada um dos ministros teria recebido 100 mil reais mensais por um período de mais de um ano, segundo a delação do ex-governador. Ele também afirma que outros 100 mil reais ficavam com o advogado Marcelo Nobre.”
com paraiba ja