Publicidades

Políticos paraibanos lamentam morte do deputado estadual Genival Matias


A Assembleia Legislativa da Paraíba e políticos paraibanos lamentaram a morte do deputado estadual Genival Matias, que aconteceu neste domingo (19). O parlamentar, que também era vice-presidente da ALPB na atual legislatura, faleceu após sofrer um mal súbito e cair de uma moto aquática, em Pernambuco.

Em nota, o presidente da ALPB, Adriano Galdino se solidarizou com os familiares do companheiro de trabalho, a quem definiu como um “um irmão que a vida pública lhe deu”. A instituição decretou luto oficial e suspendeu as atividades por sete dias.

João Azevêdo, governador da Paraíba, decretou luto oficial no estado pelo período de três dias. "Que neste momento de luto e tristeza, Deus possa confortar sua família e aliviar a dor de todos os que gozaram do seu convívio", ponderou.

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, também lamentou pela morte de Genival. “Lamentamos o falecimento de Genival Matias, um parlamentar que vinha exercendo um bom trabalho em defesa dos interesses dos paraibanos, e que nos deixou [...] de forma inesperada e precoce”, pontuou.

A Câmara Municipal de João Pessoa também emitiu uma nota de pesar. “Os vereadores pessoenses, através da Mesa Diretora, expressam tristeza pela perda de um grande líder político que pautou sua trajetória pela capacidade de agregação, bom trato com os colegas e respeito pelos adversários”, declarou.Já a senadora Daniela Ribeiro (Progressistas), por meio de nota publicada por sua assessoria de comunicação, disse que eles sempre discutiram política com respeito, mesmo quando as opiniões eram contrárias.

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB), em uma rede social, também registrou pesar pela morte do deputado. “O meu mais profundo pesar, pelos laços profundos de amizade e vínculos, muito mais do que relações políticas, se deram com relações familiares com Genival e seus entes, uma figura muito distinta”, destacou.

Genival Matias nasceu em João Pessoa. Na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), ele ocupava o cargo de vice-presidente. Ele foi eleito deputado estadual pela primeira vez em 2010, reeleito em 2014 e estava no terceiro mandato.

Além de membro da Mesa Diretora, Genival Matias compunha a Comissão de Direitos das Pessoas com Deficiência.

Empresário do ramo da mineração e da construção civil, Matias herdou a política de seu pai, o juiz federal Genival Matias, que foi vice-prefeito de Juazeirinho, no Seridó paraibano. O parlamentar também era presidente estadual do partido Avante. Ele deixa esposa e seis filhos.


G1