Publicidades

Vereadores denunciam Dr. Verissinho ao MPPB


Seis vereadores da Câmara Municipal de Pombal protocolaram uma representação contra o atual prefeito, Abmael Lacerda, mais conhecido por Dr. Verissinho (MDB), por suposto superfaturamento na compra de insumos para o combate ao novo coronavírus. A denúncia foi encaminhada ao Ministério Público da Paraíba no município, na última sexta-feira (07), e deve ser analisada pelo 3º Promotor de Justiça Leidimar Almeida Bezerra.

Os vereadores são Edni Evaristo, Romero Freitas, Jorismar Cardoso, Edno Dantas, Alcides Gomes e Marcos Andrade (Marcos de Coatiba). A representação aponta aquisição de produtos com valor 200% acima do que fora praticado para outros gestores públicos, tratando-se dos mesmos itens e fornecedores.

Na denúncia, os parlamentares pedem que Dr. Verissinho explique a diferença na compra dos produtos e apresente a documentação da licitação, além da pesquisa de preços realizada para definir os valores. A representação também cobra uma planilha com o detalhamento das despesas com a verba enviada pelo governo federal para o enfrentamento da covid-19. A Prefeitura de Pombal teria recebido, até agora, R$ 4 milhões.

Ainda de acordo com os vereadores, foram realizadas pesquisas junto a outros órgãos de controle, e também no Portal da Transparência do município, onde se constatou uma diferença nos preços praticados. A prefeitura de Bayeux, na Região Metropolitana de João Pessoa, por exemplo, comprou álcool gel 500ml ao valor unitário de R$ 3,92, enquanto a prefeitura de Pombal teria comprado o mesmo produto, no mesmo período e ao mesmo fornecedor por R$ 11.

O blog tentou contato com o prefeito Dr. Verissinho, mas não obteve retorno.

Fonte: Blog da Sony Lacerda