Publicidades

COVID-19: Brasil tem 834 mortes e mais 43 mil casos em 24h


O Brasil ultrapassou nesta quinta-feira a marca de 4 milhões de casos confirmados de covid-19, ao registrar 43.773 casos novos, o que elevou o total de infecções no país a 4.041.638 de acordo com dados do Ministério da Saúde.

Segundo país mais afetado pelo coronavírus no mundo, atrás somente dos Estados Unidos, o Brasil também notificou 834 novos óbitos, atingindo um total de 124.614.

O consórcio de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL levantou, junto às secretarias estaduais de Saúde, 830 mortes e 44.728 casos nas últimas 24 horas. Ao todo, os veículos de imprensa registraram 124.729 mortes e 4.046.150 infecções pelo novo coronavírus.

O país atingiu em 19 de junho o primeiro milhão de casos após quase quatro meses o início da pandemia, mas chegou a 2 milhões em apenas mais 27 dias e passou para 3 milhões em mais 23 dias, demonstrando a aceleração da pandemia no país. O início da epidemia no Brasil é marcado como 26 de fevereiro, quando foi confirmado o primeiro caso, em São Paulo.

Para o quarto milhão foram necessários 26 dias, de acordo com os números do ministério, no momento em que dados e autoridades da pasta indicam tendência de queda nos números do coronavírus no país.

Na última semana epidemiológica, encerrada no sábado, o Brasil teve o menor número de casos em pouco mais de um mês, além da menor contagem de óbitos desde meados de maio.

A Paraíba registrou mais 798 novos casos de Covid-19 e 18 óbitos confirmados desde a última atualização, sendo 08 deles ocorridos nas últimas 24 horas. Até o momento, 108.182 pessoas já contraíram a doença e 2.501 faleceram. 

Além disso, 323.713 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados e 78.720 pessoas já se recuperaram do coronavírus.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 35%.

Polemica PB