Publicidades

Greve dos Correios: liminar determina manutenção de 70% das atividades e proíbe descontos de salários


O Tribunal Superior do Trabalho (TST) concedeu uma liminar que determina o contingenciamento mínimo de 70% em cada unidade e que não haja impedimento ao livre trânsito de pessoas e cargas postais, durante a greve dos Correios.

A decisão estabelece, ainda, que a empresa deixe de efetuar quaisquer descontos nos salários dos empregados paralisados desde o dia 17 de agosto.

A greve foi deflagrada em razão do impasse na negociação do acordo coletivo de trabalho 2020/2021.