Publicidades

Idosa de 114 anos é a paciente mais velha a se recuperar da Covid-19 na PB; ‘celebrando a vida’


Durante o longo caminho percorrido em toda a vida, Olindina Juvêncio celebra, aos 114 anos de idade, a vitória de ter se recuperado da Covid-19. Ela é a paciente mais velha a se curar da infecção causada pelo novo coronavírus, na Paraíba. Para se tratar, a idosa passou oito dias internada na Maternidade Frei Damião, em João Pessoa, de onde recebeu alta médica nesta terça-feira (8).
Com a paciência de que viveu mais de um século, ela mostrou que encara os desafios impostos pela vida. A idosa é moradora da Associação Promocional do Ancião (Aspan), no bairro do Cristo, na capital paraibana. Em abril, parte dos idosos atendidos no abrigo foram transferidos para hospitais por estarem com suspeita ou diagnóstico positivo da doença.
Há cinco meses, Olindina testou negativo para o novo coronavírus e conviveu com o risco de ser contaminada por outros idosos que moram na Aspan. No fim de agosto, em uma visita de rotina ao hospital, foi diagnosticada com a doença e precisou ser hospitalizada.
O calor humano marcou a comemoração pela vitória e alta da idosa. A paciente foi aplaudida pelos profissionais de saúde e pela equipe que cuidou dela durante o período de internação.
A recuperação da idosa inspirou a equipe que trabalha na linha de frente no combate ao coronavírus na unidade hospitalar.
“Dar alta a uma paciente com essa idade é uma vitória para a gente, ao mesmo tempo em que nos encoraja a continuar lutando contra esse vírus tão devastador e que tem dizimado tantas vidas no mundo. Ela representa uma grande satisfação do dever cumprido”, comentou a diretora da Frei Damião, Selda Gomes.
Já a coordenadora da Aspan, irmã Selma Barbosa Costa, destacou que o momento é de felicidade para todos da instituição.
“Aqui é a casa deles e dona Olindina foi recebida com muita alegria e temos que nos alegrar, pois estamos celebrando a vida, o retorno de mais um que volta para casa. Isso é muito bom”, destacou.
com G1/PB