Publicidades

Suspeito de criar mais de 150 perfis falsos na internet para ameaçar noiva de Gabriel Diniz é preso no Pará


Um homem foi preso suspeito de criar  mais de 150 perfis falsos na internet para atacar a digital influencer alagoana Karoline Calheiros, noiva do cantor Gabriel Diniz. A prisão aconteceu nesta segunda-feira (31), na cidade de Castanhal, no Pará. 
Em junho Karoline Calheiros revelou na sua rede social que cinha sofrendo ataques e ameaças desde que o cantor Gabriel Diniz morreu, em um acidente aéreo. 
Ela fez uma denúncia à Polícia Civil de Alagoas e o caso passou a ser investigado pela Seção de Crimes Cibernéticos, da Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC).
Segundo o delegado José Carlos, titular da Seção de Crimes Cibernéticos, os ataques aconteciam diariamente. O suspeito foi identificado após trabalho técnico conjunto entre as polícias de Alagoas e do Pará.
Ele foi preso pelo Núcleo de Apoio a Investigação (NAI/Castanhal), sob coordenação do delegado Francisco Alairton Marinho Júnior, em cumprimento a um mandado de prisão e busca domiciliar por crimes de ameaça, injúria, difamação e importunação sexual.
“Interrogado pela Polícia Civil paraense, o investigado confessou os crimes e isentou outros suspeitos. A prisão temporária foi decretada por cinco dias pelo Juízo da 10ª Vara Criminal de Maceió (AL). O investigado segue preso na cidade de Castanhal à disposição da Justiça”, esclareceu o delegado José Carlos da PC de Alagoas.
A prisão do suspeito foi confirmada por Karoline Calheiros nos stories do seu Instagram. Ela disse que acredita que o suspeito agora não irá mais importuná-la. 
"Estou muito aliviada, estou em paz, agora", disse Karoline. 
Ela agradeceu ao delegado da Polícia Civil, José Carlos e a todos os envolvimentos no processo para a prisão do homem. 
Click PB