Publicidades

Suspeitos de integrar grupo de extermínio e participar de chacina na Paraíba

 


Quatro homens suspeitos de integrarem um grupo de extermínio e terem envolvimento em homicídios em Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba, foram presos na madrugada desta quinta-feira (3), na cidade de Sete Lagoas, em Minas Gerais.

Segundo a investigação da polícia, os homem são suspeitos de participarem de mais de 20 homicídios, incluindo uma chacina ocorrida em junho deste ano em Catolé do Rocha, que resultou na morte de seis pessoas em um fim de semana. Os quatro homens já tinham mandado de prisão em aberto.

De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos estavam fugindo para São Paulo em uma van, quando foram interceptados pela polícia na BR-040. Com os homens também foi apreendida uma pistola calibre .380 com 27 munições intactas.

Como eles foram flagrados com armas, devem responder pelo crime de porte ilegal de arma em Minas Gerais. Um deles também apresentou documento falso e deverá responder pelo crime de falsidade ideológica. No próximos dias, devem ser encaminhados para a Paraíba para responderem também pelos crimes cometidos em Catolé do Rocha.

A prisão foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal em Minas Gerais com informações da Polícia Civil da Paraíba e da inteligência da Polícia Rodoviária Federal na Paraíba. Segundo o delegado Sylvio Rabelo, equipes da polícia continuam investigado os crimes.


Chacina em Catolé do Rocha aconteceu em junho e resultou na morte de seis pessoas — Foto: Beto Silva/TV Paraíba/Arquivo