Publicidades

Justiça indefere candidatura de vice-prefeito em Jericó diante de irregularidades no registro

 


Como já havia sido alertado, a Justiça Eleitoral indeferiu a candidatura de Neto Alves (Cidadania) para vice-prefeito de Jericó (PB) nesta quarta-feira, dia 21. O então candidato de oposição sabia que sua situação era desfavorável junto à Justiça Eleitoral, mas insistiu no registro e agora se confirmou a impossibilidade de manutenção do seu nome na chapa.

O fato foi bastante discutido no Município e gerou desconforto na oposição que terá que recorrer da decisão ou mesmo substituir o candidato a vice-prefeito mesmo faltando menos de um mês para as eleições.

A ação foi movida pela 36ª Zona Eleitoral na cidade de Catolé do Rocha, tendo o juiz João Lucas Souto Gil Messias responsável pela impugnação da candidatura de Neto Alves.

O agrupamento político tentou de todas as formas insistir no nome de Neto Alves como candidato. Esse fator pode ter sido para gerar expectativa no eleitorado de Jericó, mas não conseguiu.

Pauta PB