Publicidades

Seis candidatos a vereador se submetem a teste na justiça eleitoral de Pombal para provar que sabem escrever


Sem comprovante de escolaridade formal, seis candidatos ao cargo de vereador do município de São Domingos precisaram passar pela aplicação de uma “prova”, feita pela justiça eleitoral da 31ª zona eleitoral de Pombal.

No ato do pedido de registro de candidatura, Dijaniedson Cavalcante de Sousa (Dijane), Adeilton da Silva Freires, Francisco das Chagas Barbosa dos Santos (Preto de Carlos), Antônio Paulino da Silva (Toinho Paulino), Manoel Anísio da Nóbrega Neto (Nen de Nô) – todos do partido CIDADANIA – além de Sebastião Nunes Fernandes (Tião), do PL, apresentaram apenas uma declaração escrita à mão de que sabem escrever.

Porém, a legislação eleitoral exige que o referido documento seja escrito “em ambiente individual e reservado, na presença de servidor de qualquer Cartório Eleitoral do território da circunscrição em que o candidato disputa o cargo”.

Blog do Naldo Silva apurou que no caso de Dijane, foi juntada como comprovante de escolaridade apenas uma ficha de matrícula em educação de jovens e adultos. Já em relação a Tião, mesmo estando no terceiro mandato seguido de vereador, e nos demais tendo sido submetido ao mesmo procedimento, precisou repetir o exame.

O juiz José Emanuel da Silva e Sousa os intimou para a realização dos testes, e ainda decidirá se os candidatos foram “aprovados”.

Blog do Naldo Silva

Foto Ilustrativa: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil