Publicidades

Procon-CG orienta postos a limitar quantidade de combustível por cliente

 


O Procon Campina Grande emitiu uma nota na manhã desta quinta-feira (19) com o objetivo de tranquilizar a população diante de um possível desabastecimento de combustíveis na cidade. O órgão municipal orienta que, em razão da situação de emergência, os postos comecem a limitar a quantidade de combustível para cada cliente.

Desde essa quarta-feira (18), a fiscalização do Procon está monitorando os 58 postos da cidade para que não haja variações de preços dos produtos. Os eventuais aumentos injustificados serão punidos com multa.

O Sindicato de Revendedores de Combustíveis de Campina Grande anunciou nessa quarta que poderia haver um atraso no abastecimento dos postos da cidade devido a um problema logístico com o navio que traz o combustível para o estado. Após esse anúncio houve uma corrida aos postos, ocasionando grandes filas.

Sobre isso, o Procon orienta que não há riscos de se repetir o que houve no período da greve de caminhoneiros, em maio de 2018. A previsão é que no sábado (21), tudo seja normalizado.

“A população precisa ter cautela e só abastecer o necessário. E o mais importante: evitem aglomerações, pois estamos em um período de pandemia de Covid-19 e movimentos como estes contribuem para a proliferação do novo coronavírus e o aumento de casos da doença”, alerta o Procon.

Portal Correio