Publicidades

Professor de 20 anos escreve 500 Projetos de Lei que garantem melhorias para a população em Paulista

 


O jovem Arlindo Alves de Farias (foto), estudante de Direito pela Universidade Federal de Campina Grande e Professor de Redação em Paulista, redigiu 500 projetos de lei de acordo com a realidade de seu município.

Segundo Arlindo, o objetivo central dessa ação foi demonstrar que os estudantes devem estar preocupados com a realidade que está presente em seu entorno e, dessa forma, contribuir diretamente para uma política mais democrática e inclusiva.

“Na política, é preciso que haja a participação de todos os cidadãos, seja por meio das redes sociais ou da inclusão populacional nos debates e centros de poder. Dessa forma, enquanto cidadão e ativista pela educação, acredito que só poderemos mudar as nossas realidades com o engajamento próprio e vontade de ver o nosso município crescendo, desenvolvendo-se e dando oportunidade para as gerações futuras”, destacou Arlindo.

Os projetos escritos pelo jovem estão direcionados às diversas áreas da administração pública municipal: esporte, educação, saúde, assistência social, agricultura, criança e adolescente, cultura, turismo, meio ambiente, idoso, fiscalização e obras.

Arlindo menciona que a pretensão de estudar essas áreas e criar soluções para os problemas das mesmas surgiu já no Ensino Médio.

“Sempre fui um estudante preocupado com o meio à minha volta. Acredito que a busca pelo comum deve ser uma tarefa de todos, independente de sua posição político-partidária. O próprio economista paraibano Celso Furtado defendia que o progresso é fruto da cooperação governamental cidadã. Dessa forma, em um município como Paulista, esse pensamento não pode ser diferente. É preciso que haja a participação populacional em um setor como o legislativo que é crucial para a construção de leis adequadas para a cidade”, mencionou o jovem.

Arlindo finaliza dizendo estar feliz por poder contribuir para o desenvolvimento de sua terra e se diz otimista quanto às suas proposituras.

“Cada projeto foi escrito com carinho, dedicação e pensado na estrutura social, politica, econômica de nossa cidade. É preciso responsabilidade com cada ação que envolve o interesse público. Tendo em vista esse cenário, reforço o meu compromisso com a defesa principalmente, da educação publica, a qual é indispensável para diminuir cenários de pobreza e falta de instrução. Acredito que cada de um nós pode contribuir com uma parcela, ainda que pequena, do futuro de nossas gerações e o bem-estar social. Agradeço ao Portal pelo espaço concedido e finalizo com uma frase do sociólogo Betinho: “Só a participação cidadã é capaz de mudar um país”.